ProcurandoNemov

Amontoado de nada

Fiquei me perguntando se seria insensível da minha parte, publicar isto que vocês estão prestes a ler, mas como não sou nenhum formador de opinião e comecei o post mentindo - ou vocês acham que me importo? - vamos lá:

Willow Smith se lançou precoce, super talentosa e cheia de atitude, uma estréia bombástica, “Whip My Hair” chegou a ser irritante, em pistas, rádios, enfim… no MUNDO! Mas parece que ela não tinha muito mais a oferecer. 

Antes que comecem as pedras, de fato, em um mundo de iCarly - Miranda Cosgrove - que na idade que tem, ainda produz porcarias como "Kissin U" - que eu adoro - Willow Smith é Amy Winehouse… But, o que a versão lésbica mirim da Rihanna fez a partir daí?

Não sei quem gerencia a carreira da linda, mas achei passo em falso, obrigar uma menina de 11 anos a se provar como vocalista em seu terceiro single. Qual a diversão disso? Willow não era sobre atitude? Alegria? Infância? Curtir com os amigos? Sério que vão obrigar uma menina com vocais tecnicamente pobres e, MAIS UMA VEZ, com apenas 11 anos, a cantar sobre personalidade e sobre “ser ela mesma”?

Quem é Willow, gente? Uma criança com personalidade em formação, com muito talento e que poderia criar uma fã base, antes de ser levar tão a sério. Como li em minha timeline, hoje mais cedo, antes de se preocupar se Willow canta, vamos dar uma olhada no visual da fofura? Tá ficando a LATA do Will e não é de uma maneira boa!